Toronto quer ser líder em Inteligência Artificial

Toronto quer ser  líder em Inteligência Artificial

E não é que a nossa linda, moderna e diversificada Toronto agora resolveu também desafiar Silicon Valley e ser um novo super centro de inovações científicas e tecnológicas? E já se lançou ambiciosa: a Universidade de Toronto anunciou esta semana a criação do Instituto Vector de Inteligência Artificial (VIAI), uma nova organização que pretende elevar a cidade e o Canadá todo à posição de líder mundial em AI (Artificial Intelligence).

O novo instituto, que ganhará sede própria no final do ano, quer atrair e reter cientistas inovadores para criar e desenvolver programas que imitam – e podem até um dia superar – a inteligência humana.

Na verdade, o Canadá é um dos pioneiros da pesquisa nessa área. Tecnologias desenvolvidas em laboratórios canadenses podem ser encontradas no algoritmo de reconhecimento de rostos de Facebook, no aplicativo de fotos do Google, no reconhecimento de voz em smartphones e em muitos robôs japoneses.

Mas nas últimas décadas, o talento do país vem sendo sistematicamente drenado pelas grandes empresas americanas de tecnologia como as mesmas Google e Facebook, e também a Apple e a Microsoft.

Universidade de Toronto

O governo do Canadá está decidido a recuperar o prejuízo intelectual e a investir em tecnologia de ponta, e este ano dedicou uma verba de $125 milhões a uma estratégia pan-canadense  de Inteligência Artificial. Montreal e Edmonton, na província de Alberta, também estão na lista dos polos de desenvolvimento de AI contemplados com esse empurrão federal. Mas a maior parte da verba vai financiar o Vector, que também deve receber muitos outros milhões do governo de Ontário e do setor privado.

Nos próximos 10 a 20 anos, quase todos os aspectos da sociedade moderna serão impactados pela inteligência artificial: mercado de trabalho, meio ambiente, transporte, segurança, saúde,  educação, participação social e governo. É bom imaginar que  a tecnologia que vai interpretar e gerir todos os dados gerados por esses segmentos é produzida por entidades que priorizam decisões racionais e equilibradas…

Related posts

One thought on “Toronto quer ser líder em Inteligência Artificial

  1. Bibi deM

    Pelo menos nossos “robot overlords” vão ser Canadenses, não tão mal kkkkk

Leave a Comment