Entre atentado e orçamento, uma cadelinha salva o dia…

Entre atentado e orçamento, uma cadelinha salva o dia…

Os jornais do Canadá hoje basicamente só falaram de duas coisas: do atentado terrorista ao Parlamento inglês, que deixou cinco mortos e mais de quarenta feridos, e novo orçamento federal apresentado esta quarta-feira ao parlamento canadense, que explica como o governo do primeiro-ministro Justin Trudeau pretende gastar os 304.7 bilhões de dólares que consistem na verba pública deste ano. O outro único destaque na mídia foi para um personagem inusitado: a vira-lata Peanut, que virou heroína do dia.

 

Em meio a infinitas análises políticas e econômicas, comentários e testemunhos, Peanut aliviou um pouco o peso da tragédia e ofuscou levemente os debates entre governo e oposição. Ela ajudou a salvar a vida de uma criança de três anos, encontrada sozinha e nua num fosso, sob uma temperatura congelante.

Abrigo de animais onde Peanut foi acolhida

Um ano atrás, com duas perninhas e várias costelas quebradas e o estômago cheio de pedaços de carpete, Peanut foi salva pelos voluntários de um abrigo de animais no Michigan, bem na fronteira com o Canadá, e mais tarde adotada por uma família local. Esta semana foi ela quem fez um resgate.

Peanut, que é normalmente tímida e quietinha, subitamente começou a latir sem parar, subindo e descendo as escadas freneticamente e arranhando a porta da rua. Intrigado, seu dono deixou-a sair. Peanut disparou em direção a um fosso que há no limite do terreno. O dono, que em princípio não detectou nada de anormal, tentou levá-la de volta pra casa, mas ela resistiu e continuou latindo até que ele resolveu investigar.

Foi então que ele notou, uma menininha nua dentro do buraco, encolhidinha e tremendo de frio. Ele pulou rapidamente no fosso, enrolou a menina em seu casaco e levou-a para casa. A família aqueceu a criança em cobertores e chamou a polícia.

Quando a ambulância e os oficias chegaram, a menina já estava mais reanimada, mas só falava uma palavra: “cachorrinho”. Ela foi levada ao hospital, onde foi constatado que ela bem e sem ferimentos.

As autoridades mais tarde localizaram os pais da menina numa residência próxima, onde havia mais um bebê. Depois de constatar que as condições da casa eram inseguras e insalubres, a polícia encaminhou as duas crianças para outro lugar e o juizado de menores assumiu a responsabilidade.

No Canadá, existem centenas de abrigos para animais, e o número de adoção vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Em 2016, dos 82 mil gatos e 35 mil cães acolhidos nos abrigos, respectivamente 48% e 52% dos animais foram adotados.

 

Related posts

Leave a Comment