Ainda sobre os suplementos:”É só esperança em potinhos”

Ainda sobre os suplementos:”É só esperança em potinhos”

Como eu estava dizendo no post anterior, se você acredita que os suplementos naturais podem ajudar você a emagrecer, vamos deixar clara uma coisa: eles vão funcionar muito bem se você tomar junto uma overdose de força de vontade, disciplina e perseverança para comer bem e fazer exercícios. Sem isso, pode jogar os potinhos fora.

A mesma edição do programa Marketplace da CBC, que eu mencionei no post sobre os suplementos de extrato de chá verde, traz também uma entrevista com o Dr. Sean Wharton. Ele é um especialista em tratamento de obesidade e emagrecimento do Hospital Geral de Toronto. Clínico e pesquisador, o Dr.Wharton tem  doutorados em controle de peso e cirurgia bariátrica e em farmacologia, e várias obras publicadas. Sua clínica vive lotada – o atendimento é coberto pelo governo – e ele vive dando palestras. Tudo esse preâmbulo só pra você entender que o cara é fera.

Então vale prestar atenção no que ele diz sobre todos esses suplementos à base de ingredientes naturais, vendidos sem receita médica e recomendados por celebridades magérrimas com caras de super felizes: é tudo enganação. O jornalista da CBC David Common, que apresenta o Marketplace, pergunta ao Dr Wharton por que existem tantos produtos desse tipo  à venda se nenhum funciona.

É porque quando não existe uma solução científica para um problema difícil – e emagrecer é dificilíssimo –  as indústrias inventam  milhares de pseudo-soluções para vender a ilusão de um tratamento efetivo. “As farmácias vendem esperança em potinhos”, diz Wharton.

Common pergunta se essas pílulas de substâncias vegetais podem ter algum resultado positivo na redução de peso. ” Nenhum. Nunca. Toda a comunidade científica sabe que esses produtos têm eficácia zero. Elas são apenas um placebo. A única coisa que realmente funciona é a força de vontade”, garante o médico.

Nem mesmo o produto hype do momento, a garcínia cambogia, favorita de celebridade como Dr Oz e Oprah Winfrey, produz algum efeito emagrecedor:

“Não adianta nada,  não faz ninguém emagrecer, e as pessoas deveriam parar de comprar isso e parar de jogar dinheiro fora !”, decreta Wharton.

Entendeu?

 

Related posts

Leave a Comment